Notícias Fecomercio

9 de janeiro de 2018

Minimercados geram mais empregos em 2017 do que super e hipermercados


Dados da Associação Paulista de Supermercados (Apas) mostram que o Estado de São Paulo tem mais de 16 mil lojas de vizinhança

As lojas de vizinhança, conhecidas também como “minimercados”, foram responsáveis pela geração de 500 empregos formais até setembro de 2017 contra o fechamento de 3.237 postos de trabalho nos super e hipermercados no Estado de São Paulo.

A Associação Paulista de Supermercados (Apas) contabilizou a existência de 16.312 supermercados de vizinhança em 2016. Os dados do ano passado referentes ao número de unidades ainda não foram consolidados.

Os resultados compilados pela Apas refletem uma realidade: as redes de supermercado apostam cada vez mais em lojas menores. Isso porque é mais fácil manter a estrutura de um local compacto. Além disso, os consumidores têm mostrado preferência por lugares desse tipo.

“Esse formato responde com eficiência à demanda de pequenas compras e atende ao consumidor apressado e sem tempo para visitar lojas de supermercados maiores”, diz o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Gêneros Alimentícios do Estado de São Paulo (Sincovaga), Alvaro Furtado. Confira a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias