Notícias Fecomercio

31 de outubro de 2017

Supermercados registram perdas de R$ 7,11 bilhões em 2016


Entre as principais causas de prejuízos do varejo estão as quebras operacionais e os furtos externos

Os erros operacionais e administrativos, furtos e problemas em geral foram os responsáveis por perdas de R$ 7,11 bilhões aos supermercados brasileiros em 2016, valor que corresponde a 2,1% do faturamento do setor. A taxa de perdas superou o registrado em 2015, quando foi de 1,96%, de acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

Os dados fazem parte do 17º Estudo Nacional sobre Prevenção de Perdas nos Supermercados, pesquisa realizada com 339 empresas do setor que, juntas, somam R$ 58 bilhões em receita.

De acordo com a Abras, os principais motivos que levam às perdas no varejo são as quebras operacionais (29%), o furto externo (18%), os erros de inventário (15%), outros ajustes (13%), os erros administrativos (9%), o furto interno (8%) e os problemas com fornecedores (8%).

Entre os furtos externos, a segunda principal causa de perdas do setor, destacam-se os roubos de carnes (20%), bebidas alcoólicas e bebidas em geral (20%), celulares, smartphones e eletrônicos (13%) e perfumaria (12%). Confira a matéria completa aqui.

 

Voltar para Notícias